A realização da obra selecionada para o 26º Festival de Cinema de Vitória contou com mais de dez anos de filmagens, com registros quase diários da cidade de Porto Alegre

Criado a partir de registros feitos das janelas das casas de seus realizadores, “Mirante”, documentário dirigido por Rodrigo John, mostra, do ponto de um observador, a vida no centro de Porto Alegre. O filme é um dos selecionados para a 9ª Mostra Competitiva Nacional de Longas do 26º Festival de Cinema de Vitória, que acontece entre os dias 24 e 29 de setembro, no Centro Cultural Sesc Glória.

A realização da obra contou com mais de dez anos de filmagens, com um set que se misturava com a realidade e produzia um caleidoscópio do dia a dia (e da própria realidade do país). Foram registros quase diários, cuja ideia, conta John, era montar uma espécie de “vídeo-jukebox”, onde seria necessário inserir moedas de 25 centavos para ver sequências da montagem. 

“O espectador assistiria ao filme em ordem aleatória, casual, inspirada no “Jogo da Amarelinha”, de Julio Cortázar. Com o tempo, no entanto, a história do Brasil se impôs, determinando uma montagem fechada, no formato de documentário”, conta. Segundo o diretor, desde a primeira versão da montagem, ainda em 2010, “Mirante” já começava a desenhar uma versão distópica da cidade, antecipando os acontecimentos que se só tornaram compreensíveis bem mais tarde (referindo-se às manifestações de 2013).

Sobre a seleção para o 26º Festival de Cinema de Vitória, Rodrigo John comemora. “Sempre ouvi falar super bem do festival e Vitória é uma das poucas capitais brasileiras que ainda não conheço. Com o filme, vai junto um pedaço de Porto Alegre. E me anima pensar na conversa que pode surgir desse encontro”, comenta.

Mirante será exibido durante a 9ª Mostra Competitiva Nacional de Longas, que faz parte da programação do 26º Festival de Cinema de Vitória e acontece entre os dias 24 e 29 de Setembro no Centro Cultural Sesc Glória, no Hotel Senac Ilha do Boi e no Cine Metrópolis. Os filmes selecionados concorrem ao Troféu Vitória em 5 categorias!

O 26º Festival de Cinema de Vitória tem o patrocínio do Ministério da Cidadania, através da Lei de Incentivo à Cultura, da ArcelorMittal, do Banco Regional de Desenvolvimento do Extremo Sul – BRDE, do Fundo Setorial do Audiovisual – FSA e da Ancine, conta com o copatrocínio da EDP e do Banestes, com o apoio da Rede Gazeta, da AdoroCinema, da Ceturb ES, da Prefeitura Municipal de Vitória e da Secretaria de Estado de Turismo (Setur-ES). O Festival conta também com o apoio institucional do Centro Técnico do Audiovisual – CTAv, da Mistika, da CiaRio, da Link Digital, do Centro Cultural Sesc Glória, da Jangada VOD, do Canal Brasil e da Carla Buaiz Jóias. A realização é da Galpão Produções e do Instituto Brasil de Cultura e Arte.

Serviço:
9ª Mostra Competitiva Nacional de Longas
Data: 24 a 29 de Setembro
Local: Teatro Glória (Centro Cultural Sesc Glória) 
Entrada franca 

MIRANTE (Rodrigo John, DOC, RS)
Do alto de seu apartamento, morador observa a vida no centro de Porto Alegre. Nos vidros das janelas, as narrativas de dentro e de fora se misturam, ecoando a precariedade das relações. Enquanto uma reviravolta na história do Brasil desafia a rotina da cidade, vozes fantasmagóricas compõem um retrato caleidoscópico da nossa época, numa sinfonia distópica.