Maior evento cinematográfico do Espírito Santo acontece de 24 a 29 de setembro e volta ao prédio do Centro Cultural Sesc Glória

No coração do Centro de Vitória, uma das construções se destaca pela arquitetura e pela importância para as artes. O antigo Cine Teatro Glória, prédio inaugurado em 1932, durante dez anos foi palco para a programação do Festival de Cinema de Vitória – na época, ainda com o nome de “Vitória Cine Vídeo”. Em 2019, o mais antigo evento cinematográfico do Espírito Santo completa 26 anos de história e volta ao local que marcou sua trajetória.

De 24 a 29 de setembro, o Centro Cultural Sesc Glória recebe o 26º Festival de Cinema de Vitória, que se divide entre 11 mostras competitivas, homenagens, apresentações musicais, debates, cursos e oficinas formativas. Parte das atividades será realizada em outros locais: o Cineclube Metrópolis (UFES) e o Hotel Senac Ilha do Boi.

As inscrições para o 26º Festival de Cinema de Vitória começam no dia 20 de março e vão até 20 de maio, pelo site www.festivaldevitoria.com.br. Podem ser inscritos curtas e longas-metragens realizados a partir de 1º de janeiro de 2018.

Centro Cultural Sesc Glória recebe programação do 26º Festival de Cinema de Vitória

Passados mais de um quarto de século atuando com foco na difusão da produção audiovisual brasileira e na formação de público, o festival acompanhou de perto a história do cinema no país. Já são mais de 400 mil espectadores, quase dois mil curtas e mais de 150 longas-metragens exibidos, vindos de todas as regiões do país.

Grande parte dessa história aconteceu sob a famosa cúpula do Teatro Glória, entre 1997 e 2007, em 11 edições. Neste ano, a programação volta ao espaço e se divide também entre as salas de cinema Cariê Lindenberg e Marien Calixte. “Estamos felizes em comemorar os 26 anos de festival no Centro Cultural Sesc Glória. Voltar para a casa onde tudo começou, um espaço cultural de extrema importância, é um privilégio para nós”, destaca Lucia Caus, diretora do festival.

Ao todo, o 26º Festival de Cinema de Vitória apresenta 11 mostras competitivas: 23ª Mostra Competitiva Nacional de Curtas; 9ª Mostra Competitiva de Longas; 8ª Mostra Foco Capixaba; 8ª Mostra Corsária; 9ª Mostra Quatro Estações; 20º Festivalzinho de Cinema de Vitória; 6ª Mostra de Animação; 4ª Mostra Mulheres no Cinema; 4ª Mostra Cinema e Negritude, 3ª Mostra Nacional de Videoclipes e a 2ª Mostra Nacional de Cinema Ambiental. A estimativa de público é de 30 mil pessoas ao longo dos seis dias de evento.

Um dos grandes destaques entre as mostras é o 20º Festivalzinho de Cinema de Vitória, somente com produções voltadas para o público infantil, e já consolidada como uma das mais antigas mostras do gênero no país. Os filmes serão exibidos no Cineclube Metrópolis, na UFES, em dez sessões para alunos da Rede Pública de Ensino da Grande Vitória.

Cinema e artes plásticas
Nesta edição, o festival propõe uma união ainda mais forte com outras expressões artísticas. A concepção visual do 26º Festival de Cinema de Vitória é baseada na obra da artista Nelma Guimarães, sob a direção artística da produtora cultural, crítica de arte e curadora Neusa Mendes.

Obra da artista Nelma Guimarães é base para identidade visual do 26º Festival de Cinema de Vitória. Foto: Divulgação/Elder Ferreira

“Tomando como ponto de partida o ‘Olho’ e o ‘Coração’, dois elementos recorrentes e com forte valor simbólico da obra da artista, são como ‘âncora visual’ para a criação da marca do 26º Festival Cinema de Vitória. O ‘Olho’, símbolo da inteligência, do espírito, espelha o conhecimento; e o ‘Coração’ representa o amor, força, justiça e a intuição, elementos que inquietam e tocam de perto a todos aqueles que interessam por pensar, como dispositivo pictórico, relacionando-o à mobilidade do olhar do espectador e da mobilidade do olhar cinematográfico”, explica Neusa.

A equipe técnica que desenvolverá a aplicação da identidade também será composta por mulheres que atuam nas artes, entre elas a designer gráfico Anaise Perrone e a fotógrafa Ignez Capovilla.

O 26º Festival de Cinema de Vitória tem o patrocínio do Ministério da Cidadania, através da Lei de Incentivo à Cultura, da ArcelorMittal, do Banco Regional de Desenvolvimento do Extremo Sul – BRDE, do Fundo Setorial do Audiovisual – FSA e da Ancine. Conta com apoio da Rede Gazeta e da Prefeitura Municipal de Vitória. A realização é da Galpão Produções e do Instituto Brasil de Cultura e Arte (IBCA).

26º FESTIVAL DE CINEMA DE VITÓRIA
Quando: de 24 a 29 de setembro de 2019
Onde: Centro Cultural Sesc Glória, Cineclube Metrópolis e Hotel Senac Ilha do Boi
Inscrições: de 20 de março a 20 de maio
www.festivaldevitoria.com.br