A busca por uma filha desaparecida leva uma mãe para lugares inesperados. Esse é o caminho que percorre o filme Inabitável, de Matheus Farias e Enock Carvalho, selecionado para a 24ª Mostra Competitiva Nacional de Curtas, que faz parte da programação do 27º Festival de Cinema de Vitória, que acontece entre os dias 24 e 29 de novembro, em formato online e gratuito.  O curta será exibido no dia 27 de novembro, sexta-feira, a partir das 19 horas e ficará disponível por 24 horas na plataforma InnSaei.TV.

De acordo com o realizador Enock Carvalho, a ideia do filme surgiu a partir das transformações sociais que aconteceram nos últimos anos. “Inabitável surgiu num momento de muito medo e desesperança que tomava parte da nossa sociedade, lá nos idos de 2017-2018”. Para Matheus Farias, também diretor do curta, o projeto “nasceu de um sentimento que vem tomando corpo e voz nos últimos anos no Brasil que é esse desejo de escapar, fugir, ser arrebatado para um lugar onde seja possível viver sem se sentir ameaçado”.

O filme acompanha a busca de Marilene por Roberta, sua filha desaparecida. Durante sua procura, a personagem esbarra com um universo de discriminação . “A LGBTfobia, o racismo e a perseguição às liberdades individuais são apenas algumas das ameaças que temos sofrido com mais força nos últimos anos. A gente procurou traduzir esses medos através do desaparecimento de uma pessoa trans, pois esse evento sozinho carrega uma grande quantidade de violências e medos que nos assombram todos os dias” pontua Matheus.

Enock acredita que o filme foi acompanha as mudanças recentes da sociedade. Para ele, o curta reflete sobre o Brasil contemporâneo e propõe um olhar para o depois. “As personagens do nosso filme e o momento que elas vivem tem muito a dizer sobre o Brasil de hoje e de ontem. Mas o que espera essas personagens no futuro? O filme tenta lançar luz sobre essa questão, trabalhando sempre com um pé na realidade e o outro pé na ficção-científica”.

Bastidores 

Para Enock, um dos destaques durante o processo de realização do curta foi a harmonia entre o elenco. “Uma coisa muito curiosa foi o elenco inteiro estar em perfeita sintonia, algo que a gente não sabia muito como iria funcionar até juntar todas as atrizes numa sala de ensaio. Foi surpreendente a maneira como todas trabalharam juntas.” relembra Enock.

Carvalho também destaca o uso de efeitos especiais usados na produção. “Apesar de ser uma ficção científica, trabalhamos com pouquíssimos recursos de efeitos visuais. 95% do que se vê no filme está na realidade, como a nossa maneira de contar essa história”.

Matheus Farias também destaca o processo de criação dos efeitos especiais usados no curta. “Conceber junto com o Gustavo Pessoa, o diretor de fotografia, a sequência final talvez tenha sido um dos aspectos técnicos mais desafiadores e curiosos do filme. Foi usada uma quantidade muito grande de refletores para causar todo o efeito desejado, algo que ainda não tínhamos experimentado”.

Sobre a seleção para o 27º Festival de Cinema de Vitória, a dupla afirma estar feliz com a oportunidade de exibir Inabitável no evento. “Estivemos em 2019 com Caranguejo Rei, premiado no Festival de Vitória como Melhor Filme na Mostra do Outro Lado. Foi uma alegria imensa. Retornamos agora com Inabitável na Mostra Competitiva de Curtas, num festival que está sempre estimulando a pluralidade e a diversidade de narrativas” diz Enock. 

E Matheus complementa: “O Festival de Vitória é, sem sombra de dúvidas, um dos festivais mais importantes e expressivos para a difusão dos curtas-metragens brasileiros da atualidade. É uma honra e uma alegria ter mais um filme nosso exibido no festival”.

Online

O Festival de Cinema de Vitória é o maior e mais importante evento de cinema do Espírito Santo. Sua 27ª edição se materializa de forma diferente em 2020. Entre os dias 24 e 29 de novembro, o evento será realizado em formato online, com as mostras exibidas na plataforma InnSaei.TV, no Canal de YouTube e nas redes sociais do evento. Os filmes estarão disponíveis para o público por 24 horas, de acordo com a programação, que será divulgada em breve.

O 27º Festival de Cinema de Vitória conta com o Patrocínio do Ministério do Turismo, através da Lei de Incentivo à Cultura, e do Banestes. Conta com o apoio da Unimed Vitória, da Rede Gazeta, do Canal Brasil, da Stella Artois e da Suzano. Conta também com o apoio institucional do Centro Técnico do Audiovisual (CTAv), da Tower Web, da Dot, da Link Digital, da Mistika, da ABD Capixaba, da Carla Buaiz Jóias, do Findes, do Sesi Cultural e da Secretaria de Estado da Cultura do Espírito Santo. A realização é da Galpão Produções e do Instituto Brasil de Cultura e Arte (IBCA).

27º Festival de Cinema de Vitória
24ª MOSTRA COMPETITIVA NACIONAL DE CURTAS

INABITÁVEL (FIC, 20’, PE), Matheus Farias e Enock Carvalho

Pouco antes da pandemia, o mundo experimenta um fenômeno nunca antes visto. Marilene procura por sua filha Roberta, uma mulher trans que está desaparecida. Enquanto corre contra o tempo, ela descobre uma esperança para o futuro. Classificação indicativa: Livre

27º Festival de Cinema de Vitória
Quando: 24 a 29 de novembro
Local: InnSaei.TV, YouTube e Redes Sociais do FCV
Online e Gratuito

24ª Mostra Competitiva Nacional de Curtas
Quando
: 24 a 28 de novembro, às 19 horas
Exibição Inabitável*: 27 de novembro, sexta-feira, a partir das 19 horas
Onde: InnSaei.TV
Online e Gratuito

*O filme ficará disponível por 24 horas