Em sua 27ª edição, o evento continua sendo um espaço de diálogo e construção da cidadania através de 12 mostras competitivas

1047 filmes, de todas as regiões do Brasil. Esse é o número de inscrições recebidas para o 27º Festival de Cinema de Vitória, que acontece no mês de novembro, em data a ser definida, em formato online, em função da pandemia do Covid-19. 

Entre os curtas-metragens inscritos, 235 foram dirigidos por mulheres, sendo 41 por realizadoras negras e 194 por realizadoras brancas. 196 curtas tratam da temática LGBTQIA+. E 11 curtas inscritos foram dirigidos por pessoas com deficiência. 699 curtas foram dirigidos por homens, sendo 110 dirigidos por homens negros e 589 dirigidos por homens brancos.

Já entre os longas-metragens, 31 foram dirigidos por mulheres: 28 dirigidos por mulheres brancas e três dirigidos por mulheres negras. 22 longas tratam temática LGBTQIA+. Um longa foi dirigido por pessoa com deficiência. E, dos 82 longas dirigidos por homens, 74 foram dirigidos por homens brancos e oito por homens negros.

As comissões de seleção de cada mostra já estão trabalhando desde o início das inscrições, e a lista dos selecionados para exibição será disponibilizada até o mês de setembro.

Em 2020, serão 12 mostras competitivas e mais de 20 premiados em diversas categorias com o Troféu Vitória. O Festival também conta com workshops, webconferências, seminários, laboratórios, debates e apresentações musicais. A programação completa será divulgada em breve através do site e redes sociais.

Festival

Respeitando todos os protocolos de mitigação de contágio do COVID-19, o 27º Festival de Cinema de Vitória também se materializa de forma diferente em 2020. Programado para o mês de novembro, o evento será realizado em formato online e caso os decretos municipais e estaduais que estabelecem o isolamento social e a proibição de aglomerações sejam retirados, ele volta a acontecer de forma presencial.

O Festival de Cinema de Vitória ​é o maior e mais importante festival de cinema do Espírito Santo. A edição de 2020 apresenta a 24ª Mostra Competitiva Nacional de Curtas​, o 21º Festivalzinho de Cinema de Vitória, a 10ª Mostra Competitiva Nacional de Longas​​, a 10ª Mostra Quatro Estações​, a 9ª Mostra Foco Capixaba, a 9ª Mostra Corsária, a 7ª Mostras Outros Olhares, ​a 5ª Mostra Mulheres no Cinema, a 5ª Mostra Cinema e Negritude, a 4ª Mostra Nacional de Videoclipes, a 3ª Mostra Nacional de Cinema Ambiental e a 2ª Mostra Do Outro Lado – Cinema Fantástico e de Horror.

Conheça mais sobre as Mostras Competitivas

24ª Mostra Competitiva Nacional de Curtas
A mais tradicional mostra do Festival de Cinema de Vitória exibe filmes que representam a safra dos curtas metragens do ano. Os selecionados concorrem em diversas categorias, e os premiados como melhor filme pelo júri técnico e melhor filme pelo júri popular recebem prêmios em serviços prestados por empresas parceiras do festival.

21º Festivalzinho de Cinema de Vitória
Há 20 anos formando plateia o Festivalzinho de Cinema de Vitória ajuda o público infanto juvenil a desenvolver a sensibilidade para as artes, muitas vezes promovendo o primeiro contato com o cinema. O Festivalzinho, em sua trajetória, atendeu crianças e adolescentes das redes públicas de ensino e funciona como importante ferramenta educacional.

10ª Mostra Competitiva de Longas
Janela que acompanha o crescimento dos projetos dos realizadores e o que há de mais recente na produção nacional, a Mostra Competitiva Nacional de Longas é uma oportunidade para o público entrar em contato com filmes que podem não integrar o circuito comercial das salas de cinema.

10ª Mostra Quatro Estações
Mostra que tem a diversidade sexual como temática e visa potencializar discursos afirmativos em torno das questões da população LGBTQIA+. São selecionadas produções que expressam as múltiplas identidades sexuais existentes, que competem pelo prêmio de melhor filme com avaliação de júri técnico, premiando o vencedor com o Troféu Vitória.

A diretora Shay Peled recebendo prêmio de Melhor Filme da Mostra Foco Capixaba no 26FCV. Foto: Levi Mori

9ª Mostra Foco Capixaba
A Mostra Foco Capixaba visa a incentivar e valorizar a produção audiovisual capixaba, sendo janela exclusiva para produções desenvolvidas por realizadores do Espírito Santo. Dessa forma, a mostra propicia o contato do público com curtas que abordam de forma direta e não-convencional os discursos particulares dos realizadores capixabas, que, através da criatividade, mostram-se também discursos universais.

9ª Mostra Corsária
Reconhecida janela de exibição dedicada à produção de filmes experimentais, na linguagem e estética, a Mostra Corsária exibe uma seleção de filmes que apostam na expansão artística do cinema de curta-metragem. Inspirada no filme “Alma Corsária”, de Carlos Reichenbach (1945-2012), a Mostra exibe filmes que buscam evidenciar as influências do diretor na nova geração de cineastas brasileiros.

7ª Mostra Outros Olhares
A Mostra propõe a observação da construção de novos mundos a partir de experiências particulares. Todos os anos esta mostra ganha uma temática diferente, de acordo com o recorte coincidente da safra daquele ano, ou seja, reunindo as produções que refletem os temas mais recorrentes dentre os inscritos da edição.

5ª Mostra Mulheres no Cinema
A Mostra Mulheres no Cinema chega à sua quinta edição no 27º Festival de Cinema de Vitória. Abrindo espaço exclusivo para mulheres realizadoras, intenciona dar destaque ao trabalho de mulheres no mercado cinematográfico brasileiro, propiciando o debate sobre questões de gênero e evidenciando discursos de empoderamento e questionamentos sobre a igualdade de direitos no contexto social contemporâneo, através de suas produções.

5ª Mostra Cinema e Negritude
Com foco na importância de disseminar a memória e a cultura afro-brasileiras, o 27º Festival de Cinema de Vitória consolida uma janela exclusiva para filmes que abordam as narrativas do povo negro. A mostra se firma como espaço destinado à representatividade e ao discurso de combate ao racismo. São filmes desenvolvidos exclusivamente por realizadores e realizadoras negras.

4ª Mostra Nacional de Videoclipes
Desde as vanguardas dos anos 20 do século passado, cineastas articulam a imagem ao som para criar uma narrativa livre do cânone do teatro e da literatura. Filmes de curta-metragem realizados com narrativa não-linear, montagem fragmentada e acelerada, com planos curtos e misturados, acabaram por dar origem ao videoclipe como conhecemos hoje. A Mostra Nacional de Videoclipes funciona também para promover a fusão entre áreas culturais, atraindo o público da música para o cinema.

3ª Mostra Nacional de Cinema Ambiental
A mostra ambiental traz filmes com temáticas como sustentabilidade, coexistência entre pessoas e meio ambiente, temas sensíveis às populações indígenas e do campo. São filmes de curta-metragem nos gêneros animação, documentário e ficção, com linguagens diversas e mensagens que propõem uma reflexão sobre o modo como nos relacionamos com o planeta e os recursos naturais.

2ª Mostra Do Outro Lado – Cinema Fantástico e de Horror
Em seu segundo ano, a mostra é uma seleção especial que representa o Cinema Fantástico e de Horror, sendo um recorte das diversas vertentes do cinema nacional desse gênero, que está sempre se renovando e tendo boas safras.