Warning: A non-numeric value encountered in /home/storage/d/a1/12/vitoriacinevideo/public_html/24fv/conteudo/themes/Divi/functions.php on line 5806

Na edição deste ano, que acontece de 11 a 16 de setembro no Teatro Carlos Gomes,
serão exibidas 107 obras distribuídas em 11 mostras

 

Um dos mais tradicionais encontros de audiovisual do Espírito Santo, o Festival de Cinema de Vitória chega a sua 24ª edição entre os dias 11 e 16 de setembro com uma programação recheada com e melhor da produção nacional recente. Neste ano, o evento bateu novo recorde de inscrições, com 1.048 vindas de todas as regiões do país. Desse montante, a curadoria selecionou 107 filmes, que integrarão as 11 mostras desta edição e concorrerão ao Troféu Vitória em diferentes categorias.

 

Os realizadores capixabas participaram em grande número da seleção, e o Espírito Santo é o Estado com a maior fatia de obras na programação oficial, com um total de 27 títulos, entre ficções, documentários, animações e videoclipes. Na sequência, surgem os outros Estados da Região Sudeste, com destaque para São Paulo (25) e Rio de Janeiro (19).

 

Os filmes escolhidos pela curadoria do festival serão distribuídos em 11 janelas de exibição. Entre elas, estão a 21ª Mostra Competitiva Nacional de Curtas, com uma seleção de títulos da safra recente; a 7ª Mostra Competitiva Nacional de Longas, que contará com a exibição de seis filmes; o 18º Festivalzinho de Cinema, com obras voltadas para o público infanto-juvenil; a 7ª Mostra Quatro Estações, com produções que abordam a temática da diversidade sexual; a 6ª Mostra Foco Capixaba, com o melhor do cinema local; a 6ª Mostra Corsária, com filmes que apresentam pesquisas de linguagem da estética cinematográfica; a 4ª Mostra de Animação, com foco na produção atual; e a 4ª Mostra Outros Olhares, com filmes nacionais que concorrerão ao prêmio do Júri Popular.

 

Sucesso na edição do ano passado, quando estrearam, duas janelas temáticas voltam à edição deste ano: a Mostra Mulheres no Cinema, sessão com filmes dirigidos exclusivamente por mulheres e que busca trabalhar as questões de gênero, valorizando a atuação feminina por trás das câmeras; e a Mostra Cinema e Negritude, com filmes que abordam conquistas e desafios do povo negro.

 

Outra que estreia neste ano é a Mostra que Videoclipes, gênero experimental por excelência e que influencia diversas outras produções audiovisuais contemporâneas, como a TV e o próprio cinema. Nesta primeira edição, a mostra exibe 15 obras que representam um panorama do videoclipe feito no país entre 2016 e 2017 e contou com a curadoria do jornalista Luiz Eduardo Neves, idealizador da Mostra Cine Rap e do site Panela Audiovisual.

 

Curadoria

 

Formada por nomes com vínculo estreito com o audiovisual,  a equipe de curadores buscou a qualidade e a diversidade diante do volume de inscritos. Participaram da seleção o jornalista, pesquisador e crítico de cinema André Dib (Competitiva Nacional de Curtas e Foco Capixaba); o jornalista e crítico de cinema Rodrigo Fonseca (Animação e Competitiva de Longas); o professor universitário e pesquisador Erly Vieira Jr., que contou com a cocuradoria de Gustavo Guilherme, Luana Cabral e Waldir Segundo, integrantes do projeto de extensão “Baile” (Corsária, Quatro Estações e Outros Olhares); a diretora, produtora e professora universitária Sáskia Sá, que contou com cocuradoria de Hegli Lotério e Bárbara Ribeiro Silva (Mulheres no Cinema); o jornalista Leo Vais, a gestora a ativista cultural Charlene Bicalho e a assistente social e professora universitária Maria Helena Elpídio (Cinema e Negritude); e a programadora audiovisual Rosemeri Barbosa (Festivalzinho de Cinema).

 

Uma realização da Galpão Produções e do Instituto Brasil de Cultura e Arte (IBCA), o 24º Festival de Cinema de Vitória acontecerá entre os dias 11 e 16 de setembro, no Teatro Carlos Gomes, em Vitória (ES), e conta com o patrocínio do Ministério da Cultura, através da Lei de Incentivo à Cultura, e da Petrobras, com o apoio institucional da Secretaria de Estado da Cultura do Espírito Santo, da Cesan, da Secretaria de Cultura da Universidade Federal do Espírito Santo e do Canal Brasil, e com o apoio da Rede Gazeta, da Prefeitura de Vitória, da Academia Internacional de Cinema, da CiaRio e da Mistika.

 

24º Festival de Cinema de Vitória
FILMES SELECIONADOS

 

21ª Mostra Competitiva Nacional de Curtas

 

A CANÇÃO DO ASFALTO, de Pedro Giongo (FIC, PR)
A CASA TÉRREA, de Bernard Lessa (FIC, ES)
ANO PASSADO EU MORRI, de Rodrigo de Oliveira (FIC, ES)
DIAMANTE, O BAILARINA, de Pedro Jorge (FIC, SP)
DIVINA LUZ, de Ricardo Sá (DOC, ES)
EM BUSCA DA TERRA SEM MALES, de Anna Azevedo (DOC, RJ)
ESTÁS VENDO COISAS, de Bárbara Wagner e Benjamin de Burca (DOC, PE)
EU ME PREOCUPO, de Paulo Silver (DOC, AL)
FILME-CATÁSTROFE, de Gustavo Vinagre (FIC, SP)
JULIANA NA CINEMATECA, de Diego Quinderé de Carvalho e Estevão Meneguzzo (DOC, RJ)
HOTEL CIDADE ALTA, de Vitor Graize (FIC, ES)
MERENCÓRIA, de Caetano Gotardo (FIC, SP)
O OLHO DO CÃO, de Samuel Lobo (FIC, RJ)
O QUEBRA-CABEÇA DE SARA, de Allan Ribeiro (DOC, RJ)
TERRITÓRIO DO DESPRAZER, de Maíra Tristão e Mirela Marin (DOC, ES)
THE BEAST, de Michael Wahrmann e Samantha Nell (FIC, SP).
VÊNUS – FILÓ A FADINHA LÉSBICA, de Sávio Leite (ANI, MG)

 

7ª Mostra Competitiva Nacional de Longas

 

A FERA NA SELVA, de Eliane Giardini, Lauro Escorel e Paulo Betti (FIC, SP)
BARONESA, de Juliana Antunes (DOC, MG)
COMO NOSSOS PAIS, de Laís Bodansky (FIC, SP)
LAURA, de Jonathan Murphy (FIC, PR)
PEDRO SOB A CAMA, de Paulo Pons (FIC, RJ)
TERRA E LUZ, de Renné França (FIC, GO)

 

6ª Mostra Foco Capixaba

 

ABISSAL, de Paulo Sena (FIC)
CÂMERA CALIBRE, de Anderson Bardot (FIC)
C(ELAS), de Gabriela Santos Alves (DOC)
HIC, de Alexander Buck (FIC)
LABOR, de Thiago Moulin (DOC)

 

2ª Mostra Mulheres no Cinema

 

ENQUANTO CALAM-ME OS AGUDOS, de Laís Perini, Laysa Elias e Letícia Bina (DOC, SP)
EU NÃO QUERO TER FILHOS, de Nathália Gardin (DOC, SP)
FERVENDO, de Camila Gregório (FIC, BA)
O MAIS BARULHENTO SILÊNCIO, Marccela Moreno (DOC, RJ)
REVEJO, de Láisa Freitas (DOC, ES)

 

2ª Mostra Cinema e Negritude

 

CASCA DE BAOBÁ, de Mariana Luiza (FIC, RJ)
CONTRASTES DE DISFARCES, de Judeu Marcum (EXP, ES)
NA QUEBRADA, de José Augusto Muleta (FIC, ES)
O CASO J, de José Filipe Costa (FIC, RJ)
TIA CIATA, de Mariana Campos e Raquel Beatriz (DOC, RJ)
VICTOR, de Darcy Alcantara, Felipe Gaze e Wolmyr Alcantara (ANI, ES)

 

Mostra de Videoclipes

 

ADIKTO – X BARRAS, de Judeu Marcum (ES)
A PRAGA, de Naio Rezende (SP)
DEVANEIO, de Alexander Buck (ES)
ENTRE, de Tati W. Franklin e Suellen Vasconcelos (ES)
FONTE DA TRISTEZA, de Samira Daher (MG)
GAMERA, de Gabriela Bieleski (SC)
KAMIKAZE, de Luan Ragedo (BA)
LEVADO, de Manoela Cezar (SP)
LIBERDADE X SEGURANÇA, de Blubell, Laís Aranha e Gabriela Jovine (SP)
O MAL, de Carlon Hardt (PR)
RASTACLONE – FORTE, de Danilo Laslo (ES)
REDEMOINHOS DE MARÇO II, de André Lucio (SP)
SWEET RIVER, de Manfredo (ES)
SOUL DA VILA, de Júnior Silva (ES)
TERRITÓRIO DO BEM, de Tati Rabelo e Rodrigo Linhales (ES)

 

7ª Mostra Quatro Estações

 

BAUNILHA, de Leo Tabosa (DOC, PE)
LATIFÚNDIO, de Érica Sarmet (EXP, RJ)
ROMA, de Charles C.S. Ferreira (FIC, SP)
STANLEY, de Paulo Roberto (FIC, PB)
TAILOR, de Calí dos Anjos (ANI, RJ)
VANDO VULGO VEDITA, de Andréia Pires e Leonardo Mouramateus (FIC, CE)
WONDERFULL – MEU EU EM MIM, de Dário Jr. (DOC, AL)

 

18º Festivalzinho de Cinema de Vitória

 

A PISCINA DE CAÍQUE, de Raphael Gustavo da Silva (FIC, GO)
A ORELHA ENCANTADA OU ALMA DE GATO, de Paulo Leonardo Fialho (ANI, PE)
BRAÇOS ABERTOS, de Monique Lima (FIC, RJ)
COMO ERA GOSTOSO MEU PRÍNCIPE, de Fernanda de Paula (FIC, MG)
LUIZ, de Alexandre Estevanato (FIC, SP)
METAL ARMORIAL, de Minna Miná e Beethowen Souza (ANI, PB)
O BAGRE DE BOLAS, de Luiz Botosso e Thiago Veiga (ANI, GO)
PAGLIA CITY – BEM ME QUER, de Pietro Cersosimo (FIC, SP)
PESSOAS MORTAS NÃO PRECISAM DE BATERIA, de Almir Correia (ANI, PR)
PRA BOM ENTENDEDOR MEIA PALAVRA BESTA, de Wayner Tristão (ANI, PE)
SAI DA FRENTE!, de Artur Bryk (ANI, SP)
VICTOR, de Darcy Alcantara, Felipe Gaze e Wolmyr Alcantara (ANI, ES)

 

6ª Mostra Corsária

 

ÁDITO, de Renata Ferraz e Rubiane Maia (FIC, ES)
A MORTE DO CINEMA, de Evandro de Freitas (DOC, BA)
BLACK CATOLIC GALACTIC, de Henrique do Carmo (EXP, ES)
BLASFÊMEA, de Linn da Quebrada (FIC, SP)
FERRADURA, de Bea Gerolin (DOC, PR)
EU PRECISO DESTAS PALAVRAS ESCRITA, de Milena Manfredini e Raquel Fernandes (EXP, RJ)
MEMÓRIAS DO SUBSOLO OU O HOMEM QUE CAVOU ATÉ ENCONTRAR UMA REDOMA, de Felipe Camilo (DOC, CE)
O DIA DO SILÊNCIO, de Clébson Oscar (DOC, CE)
PEQUENOS ATOS DE DESAPARECIMENTO, de Thiago Gallego (DOC, RJ)
PIANO FORTE, de Anabela Roque (DOC, RJ)
SEA STUDIES [BALTICS], de Miro Soares (EXP, ES)
SUBCUTÂNEO, de Carlos Segundo (FIC, SP)
SUPERDANCE, de Pedro Henrique (FIC, CE)
TEHOM, de Yuji Kodato (EXP, MG)
UMBRAL – DEPOIS DE MORRER, de Thomaz Magalhães (EXP, GO)
UM MUSICAL, de Tarcísio Lara Puiati (EXP, RJ)
WOODGREEN, de Welket Bungué (FIC, RJ)

 

4ª Mostra Outros Olhares

 

DEUS, de Vinícius Silva (OUT, SP)
DEUSA, de Bruna Callegari (FIC, SP)
FANTASMA CIDADE FANTASMA, de Amanda Devulsky e Pedro B. (FIC, DF)
FEMININO, de Carolina Queiroz (DOC, MG)
LAMBARI, de Rodrigo Freitas (DOC, RJ)
PÁSSAROS NA BOCA, de Gustavo Ribeiro (FIC, SP)
PEQUENOS ANIMAIS SEM DONO, de Maju de Paiva (FIC, RJ)
SEM O PAI, SÓ A MÃE, de Ian Dias (DOC, MG)
TANGO, de Francisco Gusso e Pedro Giongo (ANI, PR)
TODA NOITE, ESTAREI LÁ, de Thiago Moulin (DOC, ES)
TRANSVIVO, de Tati W. Franklin (DOC, ES)
XAVIER, de Ricky Mastro (FIC, SP)

 

4ª Mostra de Animação

 

EM CRISE (SP), de Amir Admoni e Paula Rocha
FOME (GO), de Rildo Farias de Sousa
MACACO ALBINO: PIMENTA (SP), de Roberto Massayoshi Uechi
O VIOLEIRO FANTASMA (GO), de Wesley Rodrigues
SAYOUNARA (MG), de Débora Mini
SOB O VÉU DA VIDA OCEÂNICA (SP), de Quico Meirelles