O Teatro Carlos Gomes lotou na noite desta quarta-feira (13) durante o terceiro dia do 24º Festival de Cinema de Vitória. A noite foi marcada pelo segundo dia da 21ª Mostra Competitiva Nacional de Curtas e pela exibição do filme “A Fera na Selva”, na 7ª Mostra Competitiva Nacional de Longas. O público presente ovacionou os discursos dos diretores Vitor Graize e Paulo Betti.

 

Graize exibiu “Hotel Cidade Alta” na Mostra de Curtas e aproveitou o microfone para lamentar a ausência de políticas públicas para a cultura. Lembrando que seu filme foi financiado pela Lei Rubem Braga da prefeitura de Vitória, o diretor destacou que a mesma lei está há dois anos sem financiar projetos. “Pior do que não ter lei de incentivo, é não ter uma política cultural estruturada”, sentenciou.

 

Paulo Betti veio a Vitória apresentar o filme “A Fera na Selva”, que concorre ao Troféu Vitória em várias categorias. O ator e diretor disse que seu filme é “fora da curva” e resolveu fazer um discurso de acordo, que incluiu uma apresentação surpresa de uma ópera.

 

O artista, que já veio outras vezes a capital do Estado com peças de teatro, afirmou estar emocionado e feliz por apresentar um filme na cidade pela primeira vez.

 

Homenagem

 

A noite ainda contou com a exibição do curta “O Morro do Canário”. O diretor Diego Locatelli subiu ao palco do Festival para apresentar o documentário que explora o processo criativo do artista Ronaldo Barbosa, que foi homenageado na terça-feira (12) por seus 40 anos de carreira.

 

Uma realização da Galpão Produções e do Instituto Brasil de Cultura e Arte (IBCA), o 24º Festival de Cinema de Vitória conta com o patrocínio do Ministério da Cultura, através da Lei de Incentivo à Cultura, e da Petrobras, com o apoio institucional da Secretaria de Estado da Cultura do Espírito Santo, da Cesan, da Secretaria de Cultura da Universidade Federal do Espírito Santo, do Banestes e do Canal Brasil, e com o apoio da Rede Gazeta, da Prefeitura de Vitória, ArcelorMittal, da Academia Internacional de Cinema, da CiaRio, da Mistika e da Link Digital.