Warning: A non-numeric value encountered in /home/storage/d/a1/12/vitoriacinevideo/public_html/24fv/conteudo/themes/Divi/functions.php on line 5806

Animação 2D

Homenageado na edição do ano passado, Otto Guerra ministra a Oficina de Animação 2D
Homenageado na edição do ano passado, Otto Guerra ministra a Oficina de Animação 2D
Inédita no Festival de Cinema de Vitória, a Oficina de Animação 2D oferece aos participantes a oportunidade de aprender com um dos grandes mestres brasileiros do gênero. Homenageado na edição de 2016 do Festival de Cinema de Vitória, Otto Guerra volta neste ano a Vitória para ensinar conceitos básicos de animação por meio de exercícios práticos, por meio dos quais o aluno conhecerá todo o processo de criação, da concepção do roteiro até as técnicas para dar vida às imagens.

Otto Guerra

Nascido em Porto Alegre, Otto Guerra acompanhou a evolução da animação brasileira e tem mais de 15 obras no currículo, muitas delas premiadas em festivais nacionais e internacionais. Entre os filmes de destaque em sua trajetória estão “Treiler – A Última Tentativa” (1986), “O Reino Azul” (1989) e “Novela” (1992), vencedores do prêmio Coral de Animação no Festival de Havana, em Cuba; o longa “Rocky Hudson” (1984), vencedora do prêmio especial do júri no Festival de Brasília e selecionada para os festivais de Havana e Hiroshima; e “Wood Stock: Sexo, Orégano e Rock’n’roll” (2006), que ganhou o prêmio especial do júri no 10º Cine-PE. Atualmente, Otto Guerra dirige “A Cidade dos Piratas”, baseado na obra da cartunista Laerte.

Data: de 12 a 14 de setembro
Horário: das 14h às 18h
Vagas: 20
Inscrições: até 11 de agosto, pelo e-mail oficinas@ibcavix.org.br
Local: Universidade Federal do Espírito Santo (Ufes)

Oficina de Crítica Cinematográfica

André Dib é pesquisador e crítico de cinema
Nesta oficina, os participantes terão a chance de conhecer uma introdução ao pensamento crítico e às possibilidades de olhar e refletir sobre a sétima arte. A partir de atividades práticas e teóricas, os alunos serão estimulados a desenvolver sua capacidade de se relacionar criticamente com os filmes. Para tanto, a partir de exibições de obras e de leitura de textos, serão realizados exercícios escritos e orais com o uso de técnicas e instrumentos apresentados em sala de aula. Os textos produzidos serão avaliados coletivamente e publicados em um blog. A ideia é que os alunos escrevam sobre os filmes exibidos no Festival e elejam seus preferidos.

André Dib

Pesquisador, crítico de cinema e jornalista formado pela Universidade Federal de Pernambuco. Sua experiência inclui a cobertura de festivais brasileiros e estrangeiros. Tem textos publicados em diversos jornais, revistas e sites. Realiza curadorias para mostras, consultorias para festivais de cinema e é membro da diretoria da Associação Brasileira dos Críticos de Cinema (Abraccine) e do Congresso Brasileiro de Cinema (CBC).

Data: de 11 a 15 de setembro
Horário: das 9h às 12h
Vagas: 9
Inscrições: até 11 de agosto, pelo e-mail oficinas@ibcavix.org.br*
Local: Universidade Federal do Espírito Santo (Ufes)
* O e-mail de inscrição deve incluir um texto de até 2.500 caracteres sobre um filme da sua escolha (curta ou longa, ficção ou documentário)

Oficina de Cinema e Vídeo

Cineasta Luiz Carlos Lacerda ministra curso de Cinema e Vídeo em aulas teóricas e práticas

Com uma carga horária de 40 horas, esta oficina tem o objetivo de instrumentalizar os participantes, técnica e artisticamente, para a realização de um filme de ficção com até 15 minutos. Em aulas práticas e teóricas, os alunos Vão vivenciar as diferentes funções desse processo, nos moldes de uma equipe profissional com polivalência de funções. Serão postas em prática noções básicas de dramaturgia cinematográfica, construção do personagem, decupagem (método Gabriel García Márquez), linguagem e nomenclatura dos planos e movimentos de câmera, utilização dramatúrgica das lentes na construção da narrativa, elaboração, exercícios e análise técnica do roteiro, plano de produção etc.

 Luiz Carlos Lacerda

Cineasta, realizou mais de 30 documentários sobre personalidades da cultura brasileira, entre elas, Cecília Meireles, João da Baiana, Maria Della Costa, Vianinha e Barão de Itararé, além dos longas-metragens “Mãos Vazias” (1970), “O Princípio do Prazer” (1978), “For All – O Trampolim da Vitória” (1997), “Viva Sapato!” (2004), “Casa 9” (2011), “A Mulher de Longe” (2012) e “Introdução à Música do Sangue” (2015) e “O Que Seria Deste Mundo sem Paixão” (2016). Junto com Buza Ferraz, codirigiu “Leila Diniz” (1988). Dirigiu as séries de TV “Retratos Brasileiros” (2010), “Notícias de Lá” (2012), “Interior/Dia” (2013) e “Enciclopédia do Samba” (2014).

Foi professor do Curso de Cinema da Universidade Estácio de Sá (1999 a 2005), da Escola de Cinema de Cuba (1992/1993), do Nós do Morro (2007) e do Polo do Pensamento Contemporâneo (2009). Também foi produtor de novelas da TV Globo.  Atuou, por meio de sua arte, em importantes transformações políticas dos últimos 50 anos, questionando as injustiças sociais e engajando-se explicitamente na luta por um país mais democrático.

Data: de 11 a 15 de setembro
Horário: das 10h às 13h e das 14h às 18h
Vagas: 20
Inscrições: até 18 de agosto, pelo e-mail oficinas@ibcavix.org.br
Local: Universidade Federal do Espírito Santo (Ufes)

Oficina de Preparação de Atores – Um Tiro no Escuro

Bacharel em Teoria do Teatro pela Universidade Federal do Estado do Rio de Janeiro (UNIRIO), diretor e ator de teatro, Jefferson Almeida inaugura a Oficina de Preparação de Atores – Um Tiro no Escuro. O curso tem o objetivo de experimentar um procedimento de disposição dos participantes de um processo criativo, considerando a sala de criação como um campo de batalha em que, a partir das provocações que recebem, possam elaborar uma cena ou um personagem.

Jefferson Almeida

Jefferson Almeida tem diversos trabalhos na TV e no teatro no currículo. Nos palcos, alguns dos destaques são os espetáculos “Flicts” (2004), “Navalha na Carne” (2006), “Ópera do Malandro” (2014), “Bilac vê Estrelas” e “Contra o Vento – Um Musicaos” (2015). Como diretor, assinou montagens de importantes textos, a exemplo de “Mar Morto” (2007), “Esperando Godot” (2008) e “O Despertar da Primavera” (2012) e quase uma dezena de espetáculos infantis, como “Os Saltimbancos.

Jefferson está à frente da Definitiva Cia. de Teatro desde a sua fundação, onde dirigiu e atuou nos espetáculos premiados como “Calabar – O Elogio da Traição” (2008), “Deus e o Diabo na Terra do Sol” (2011) e “A Hora da Estrela” (2017). Na TV, esteve no elenco das novelas “Malhação” (2012), “Em Família” (2014) e “Velho Chico” (2016), da Rede Globo. Em 2011, lançou pela Multifoco Editora o livro “Notações Sobre o Tempo ou Três Pequenas Respirações Sobre o Mesmo Tema”, onde reúne três textos curtos para teatro.

Data: de 12 a 14 de setembro
Horário: das 14h às 18h
Vagas: 20
Inscrições: até 18 de agosto, pelo e-mail oficinas@ibcavix.org.br
Local: Universidade Federal do Espírito Santo (Ufes)