Artista plástico e gestor cultural com 40 anos de carreira, Ronaldo Barbosa será homenageado pelo 24º Festival de Cinema de Vitória nesta terça-feira (12), às 19 horas no Teatro Carlos Gomes. A homenagem será seguida pela exibição da videoarte “Graúna Barroca”, de autoria de Barbosa. A entrada é gratuita.

 

Na quarta-feira (13), às 16h, o festival volta a reverenciar Ronaldo Barbosa com a sessão especial de “Morro do Canário”, documentário assinado por Diego Locatelli que explora o processo criativo do artista nascido em Vitória. Nome incontornável do design e da arte contemporânea no Espírito Santo Ronaldo sempre construiu pontes entre o Brasil e o mundo, entre o local e o universal.

 

Seu talento se espraiou pelos quatro cantos desde cedo, a exemplo da já citada videoarte “Graúna Barroca” (1989), produzida quando era professor da Universidade do Espírito Santo (Ufes) nos cursos de Arquitetura e Design e que fisgou prêmios em países como Estados Unidos, Itália e Japão. Há mais de 20 anos, Ronaldo Barbosa também se destaca na gestão do Museu Vale, espaço que é referência no Brasil.

 

À frente do Studio Ronaldo Barbosa, consagrou-se nos ramos de design de exposições culturais, de implantação de museus temáticos e de centros de memória, acumulando projetos para instituições de prestígio. É dele a autoria do Museu do Náutico, em Salvador; do Museu da Liturgia, em Tiradentes (MG); e do Museu da Cachaça, em Salinas (MG). Também é profícuo criador de marcas: são mais de duas centenas de identidades visuais desenvolvidas.

Pioneiro

 

O pioneirismo é um de seus traços distintivos, a começar pela formação acadêmica. Graduado pela Escola Superior de Desenho Industrial do Rio de Janeiro, Ronaldo foi o primeiro capixaba a se formar na área. Logo depois, ajudou a fundar o curso de Desenho Industrial da Ufes, onde deu aula por 27 anos. Sem nunca perder a ligação com a cultura capixaba, instalou seu ateliê em Pedra Azul, em Domingos Martins, em uma casa pomerana de 120 anos, e há mais de 15 anos se dedica a manter construções históricas.

 

Uma realização da Galpão Produções e do Instituto Brasil de Cultura e Arte (IBCA), o 24º Festival de Cinema de Vitória acontecerá entre os dias 11 e 16 de setembro e conta com o patrocínio do Ministério da Cultura, através da Lei de Incentivo à Cultura, e da Petrobras, com o apoio institucional da Secretaria de Estado da Cultura do Espírito Santo, da Cesan, da Secretaria de Cultura da Universidade Federal do Espírito Santo, do Banestes e do Canal Brasil, e com o apoio da Rede Gazeta, da Prefeitura de Vitória, ArcelorMittal, da Academia Internacional de Cinema, da CiaRio, da Mistika e da Link Digital.

 

24º FESTIVAL DE CINEMA DE VITÓRIA
De 11 a 16 de setembro, no Teatro Carlos Gomes
(Praça Costa Pereira, s/n, Centro, Vitória)
Entrada gratuita

HOMENAGEM A RONALDO BARBOSA
Dia 12 (terça-feira), às 19h – Cerimônia e exibição de “Graúna Barroca”
Dia 13 (quarta-feira), às 16h – Exibição de “Morro do Canário”