“A Fera na Selva”, de Eliane Giardini, Lauro Escorel e Paulo Betti, chega à tela do Teatro Carlos Gomes nesta quarta-feira. Inspirado na novela de mesmo nome do escritor norte-americano Henry James, o filme é o terceiro a ser exibido na 7ª Mostra Competitiva Nacional de Longas do 24º Festival de Cinema de Vitória. Betti estará presente na sessão, que começa às 20h30 e tem entrada franca.

 

A trama da produção, originalmente escrita no início do século XX, conta a história de um homem que espera um grande acontecimento e deixa de perceber as pequenas maravilhas do cotidiano. Paulo Betti e Eliane Giardini já tinham encenado uma adaptação do mesmo livro no teatro e sonhavam em levar essa história para as telonas há vinte anos. A produção concorre ao Troféu Vitória em várias categorias.

 

Na quinta-feira (14), Paulo Betti e o roteirista Rafael Romão participam de um bate-papo sobre o filme no Hotel Senac Ilha do Boi, às 9h30. O encontro integra a programação de debates com realizadores do 24º Festival de Cinema de Vitória.

 

A 7ª Mostra Competitiva Nacional de Longas segue até sexta-feira (15), com a exibição de mais três obras: “Laura”, de Jonathan Murphy, na noite de quinta;  “Pedro Sob a Cama”, de Paulo Pons, e “Terra e Luz”, de Renné França, no último dia da mostra.

 

Uma realização da Galpão Produções e do Instituto Brasil de Cultura e Arte (IBCA), o 24º Festival de Cinema de Vitória conta com o patrocínio do Ministério da Cultura, através da Lei de Incentivo à Cultura, e da Petrobras, com o apoio institucional da Secretaria de Estado da Cultura do Espírito Santo, da Cesan, da Secretaria de Cultura da Universidade Federal do Espírito Santo, do Banestes e do Canal Brasil, e com o apoio da Rede Gazeta, da Prefeitura de Vitória, ArcelorMittal, da Academia Internacional de Cinema, da CiaRio, da Mistika e da Link Digital.