A segunda noite do 24º Festival de Cinema de Vitória empolgou o público que compareceu ao Teatro Carlos Gomes. A programação de terça-feira (12) foi marcada pela homenagem ao designer Ronaldo Barbosa , o início da 21ª Mostra Competitiva de Curtas e a exibição de dois longas-metragens.

 

Ao subir ao palco para receber o Troféu Vitória por seus 40 anos de carreira, Ronaldo Barbosa  comentou sobre a sua trajetória e elogiou a produção do Festival. “A gente sabe que, neste Brasil de hoje, manter um evento como este é uma luta. É resistência”, disse.

 

Um dos destaques foi a primeira sessão da Mostra de Curtas, que neste ano reúne 17 obras. O diretor Rodrigo de Oliveira foi ovacionado pela plateia ao falar sobre seu filme “Ano Passado eu Morri”, ao reforçar a necessidade da luta contra a homofobia. “Nossa existência aparentemente causa desconforto a algumas pessoas. Esse é um filme inofensivo, mas para um cidadão de bem é um ataque a valores”, disse.

 

A noite foi concluída com a exibição dos longas “Baronesa” e “A Serpente”. A assistente de direção do docudrama “Baronesa”, Giselle Ferreira, apresentou a obra, exibida na 7ª Mostra Competitiva Nacional de Longas. Segundo ela, a história fala “quão maravilhoso e duro é existir como mulher nos dias de hoje”.  Já o longa “A Serpente”, baseado em uma peça de Nelson Rodrigues, foi apresentado pelos atores Matheus Nachtergaele e Lucélia Santos, protagonistas da produção, e pelo diretor Jura Capela.

 

Uma realização da Galpão Produções e do Instituto Brasil de Cultura e Arte (IBCA), o 24º Festival de Cinema de Vitória acontece entre os dias 11 e 16 de setembro e conta com o patrocínio do Ministério da Cultura, através da Lei de Incentivo à Cultura, e da Petrobras, com o apoio institucional da Secretaria de Estado da Cultura do Espírito Santo, da Cesan, da Secretaria de Cultura da Universidade Federal do Espírito Santo, do Banestes e do Canal Brasil, e com o apoio da Rede Gazeta, da Prefeitura de Vitória, ArcelorMittal, da Academia Internacional de Cinema, da CiaRio, da Mistika e da Link Digital.